Um mês de EUA!!!

Eu estou pensando: eita mês que passou rápido! Mas quem ficou no Brasil acha isso também?! hahaha O post de hoje é de comemoração, mas vou contar alguns segredinhos (até ontem) daqui. O primeiro é que na maioria das noites eu fico morrendo de saudade da minha família, querendo que eles estivessem acordados até a hora que vou dormir. Já chorei olhando fotos e ouvindo músicas e tô toda manteiga derretida (quem diria!). Achei que o Jr ia demonstrar mais dengo do que eu, mas olha como as coisas mudam… Quando eu tô assim “poquinha” como ele chama ele me pergunta: e tu ainda não quer voltar pro Brasil? Eu digo que não, eu gosto daqui, mas eu queria poder trazer todo mundo comigo. Impossível, mas não custa nada sonhar. Quem sabe quando mamãe e papai se aposentarem eles não venham morar com a gente ou viver viajando e sempre nos visitando… Eu e Jr sempre fomos muito apegados com a família. Eu nunca tinha passado muito tempo fora de casa, ele já tinha passado dois meses, por isso acho que estou num processo de adaptação mais lento. O tempo mais longo que passei foi quando viajei e passei vinte dias fora. A saudade parece que não foi nada, afinal eu já sabia que dia ia voltar e vê-los e sentir o cheirinho deles de novo. Aqui não sei quando volto, se volto, por quanto tempo vou vê-los. Às vezes me pego pensando no que eu vou fazer quando chegar em Teresina de novo. E voltando à pergunta do Jr, ainda é cedo pra decidir o futuro. Apesar de todos os problemas que o Brasil tem quando alguém me pergunta da onde sou respondo com todo orgulho que sou brasileira. Parece que todo mundo ama meu país e sempre diz coisas boas sobre ele. Estamos vivendo, sem dúvida, um período de crescimento, experiência e realização pessoal. Tudo que sempre sonhamos foi estar aqui e agora estamos! Por isso que o Jr passa horas e horas estudando. Eu sinceramente não consigo ainda. Vou pra biblioteca, pra minhas aulinhas de inglês, estudo um pouco em casa e só. Por enquanto. ;) Aprendi muitas coisas nesse primeiro mês: cozinhar, limpar o banheiro, a casa, mexer na máquina de lavar (kkkk nunca tinha mexido antes) e secar, organizar minhas nossas roupas e sapatos e assim vai indo… Percebi também que os americanos não são do jeito que todo mundo fala, grosso, sem coração, “nem aí” pros outros. Eles são bem simpáticos, prestativos, se importam sim com você maaas não ligam se você anda de cabelo raspado ou rastafari. Essa é uma das coisas que gosto aqui: liberdade pra ser diferente. Muitas coisas não conhecia no Brasil e aqui tenho a oportunidade de ver sempre, então acabo dando mais valor ao conhecimento. Também falavam que aqui não tinha o famoso jeitinho brasileiro, mas tem sim! EU até fui beneficiada com isso no dia da minha matrícula de inglês. O que não tem é o jeitinho errado… Sim, eles são impressionados com segurança e está certo! Carros de polícia são vistos toda hora (dia ou noite) fazendo ronda, em cada esquina (às vezes até uma distância menor) tem um botão de emergência que você aperta e espera ser atendido. Apesar da comida comum ser o hamburger e empanados tem muita gente que se preocupa com a saúde e alimentação, por isso vemos muitas pessoas fazendo corrida de dia e de noite. Agora temos responsabilidades e não podemos nos esquecer de pagar as contas (que por sinal já começaram a chegar). Tudo que compramos vai pra nossa tabelinha de gastos. Não podemos começar nossa vida financeira desorganizada. Ainda temos muito o que aprender e conhecer nessa cidade! Andando de carro pude perceber o quão grande é esse lugar. Vamos explorar muito o local que estamos vivendo e suas redondezas. Outra coisa desse tempo é que parece que casei há um mês (já passaram três meses!!). Antes de vir nos dividíamos entre a casa da mamãe e da minha sogra. Agora temos a nossa casa, a nossa cama, o nosso armário, as nossas bagunças e principalmente, nossos horários!! Ficamos acordados até a hora que achamos necessário, levantamos na hora que queremos, almoçamos um cardápio que nós escolhemos, enfim, temos agora uma vida de casados de verdade.  De vez em quando rola uma discussãozinha por causa da baguncinha do marido ou do estresse da esposa, mas nada que dure muito tempo. Ainda bem! hahaha Eu amo demais a pessoa que escolhi viver. Às vezes ele nem vê mas eu fico observando-o enquanto estuda, o jeito que ele canta, que ele coça a cabeça, que ele fecha a boca, tudo! Aí quando não aguento ficar só olhando vou lá e sento no colo dele. hahaha É como eu falei pro Jr: nem parece que somos casados, parece um casal de namorados que resolveu morar juntos. Espero que seja assim a vida inteira!  De presente de um mês ganhamos um feriado! Oba, vamos ao shopping ver as promoções e se finalmente compro meu tênis da academia. Estamos muito felizes aqui, porém com saudade de vocês.

P.S.: Giesse, coloquei mais montagem de fotos aqui porque tu pediu! Saudade. :)

Anúncios

15 pensamentos sobre “Um mês de EUA!!!

  1. Fofiiiiiiinha adorei o post!!!

    Sei como é sentir essa saudadezinha de casa pelo Samuel, ele liga e diz que quer comer maria isabel e sentir o calor daquui (é doido) kkkkkk mas bsb é bem mais pertinho né :p

    Tudo de bom pra ti sempree, que bom que tá dando tudo certo :))

    xero.

  2. Olha, ler as tuas postagens tem me salvado de algumas aulas chatas. No meio da sala de aula começo a fazer barulhinhos do tipo “ownnnn *o* ” e ninguém intende kkkkkkk
    Estou, de verdade, feliz porque tudo tem dado certo. Daqui parece sim um conto de fadas, mesmo com as dificuldades. Então, um brinde ao casal que completa um mês de muitos.

  3. A distância nos ensina como pesar e medir o amor que temos pelas pesoas que se ausentam !
    Pra ti e outras pessoa que eu amo muito.
    Tio Raimundo.

  4. Lara, pra gente nem foi tanto o mês do desgosto. Foi o mês que chegamos, então… hahah Setembro começou bem pra gente tb e espero que assim sejam os outros meses. Obrigada pelas orações! Bjss

  5. Caruliiiiiiiiiiiiiiiiiiina, quase choro lendo isso aqui! To “pa morrer” de saudades de vcs. Tu sabe que apesar de não ficar comentando toda foto e todo post, eu to lendo tudo, acompanhando tuuuuudo e morrendo de saudades *.*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s