3 meses!

Ontem completamos três meses que chegamos aqui, mas o post só saiu hoje porque só lembrei de noite. Quando estou de carro às vezes passo pelos caminhos que fizemos no dia que chegamos, onde nos perdemos (procurando um restaurante, lembram?), em frente ao Hotel (tão perto de casa e a gente jurando que precisava de um táxi…) e fico pensando: como pude me perder aqui?? como pude chamar um táxi pra fazer um caminho que demora só 10 minutos a pé?? Aí lembro que não sabia NADA quando cheguei, agora estou muito mais familiriazada com o local, mesmo que ainda não conheça vários lugares. Já consegui ir ao supermercado e a um restaurante que gostamos sem GPS, já decorei o nome de várias ruas e, como diz no Piauí, “peguei as manhas” da Interestadual, já até excedi o limite de velocidade, já entendo o que o garçon fala e algumas outras coisas que não tô lembrando agora. Falta muita coisa pra conhecer e aprender, mas nossa experiência já está valendo a pena. É muito bom atender o celular e entender 70% das coisas que a americana falou, mesmo eu respondendo só sim, não e não sei (minha desculpa é que não queria “encompridar” a conversa)… Também penso que meu inglês não tá lá essas coisas, quase não tenho contato com americanos (na aula de inglês só a professora é) porquê praticamente só saio de casa pra aula e pro supermercado, mas quando penso o tempo que ainda vamos passar aqui vejo que mais cedo ou mais tarde ele vai estar do jeito que eu quero. A parte que eu acho que mais melhorei foi o listening , que é o ouvir e entender. O Jr sabe mais inglês do que eu, mas quando saímos eu sempre digo pra ele o que a pessoa tá falando, não sei se é porquê ele não presta atenção ou porquê não sabe mesmo (acredito que é mais falta de atenção mesmo). Da última vez que saímos a garçonete perguntou o que queríamos pra beber, ele falou que queria um ravioli, ela ficou sem entender e repetiu a pergunta, ele disse de novo a mesma coisa, depois da segunda vez a garçonete já tava meio sem paciência e eu falei: Jrrr, ela quer saber se tu quer algo pra beber!!! kkkkk  Algumas vezes as pessoas falam tão rápido ou com sotaque tão carregado do interior que nem eu nem ele entendemos, mas no geral estamos nos virando bem. A eleição vai ser essa terça-feira, mas não é feriado. O voto não é obrigatório e muitos americanos dizem que não vão votar porque são muito ocupados, geralmente 80% da população comparece à eleição presidencial, mas quando é regional o número cai pela metade. A biblioteca que tenho aula vai ser usada como local de votação e por isso a aula desse dia foi cancelada.
Algumas pessoas perguntaram sobre o Halloween, mas não escrevi nada porquê foi um dia comum. Se não me engano o Jr até foi convidado pra uma festa temática, mas não falaram se eu podia ir (mesmo se tivessem dito acho que não iríamos). De acordo com minha professora de inglês as crianças agora participam mais de festinhas em determinados locais do que saem de porta em porta. Além do mais elas visitam casas e não apartamentos. Por aqui vi a festinha que contei no outro post, mas no dia mesmo nem vi ninguém. Leio sempre um blog de uma goianense que tem três filhas e mora em Houston, ela contou aqui como foi o Halloween das pequenas e achei bem interesante.

Anúncios

2 pensamentos sobre “3 meses!

  1. Carol querida! Obrigada pelo link para o meu blog!
    Rapidinho seu inglês vai estar “tinindo”, não se preocupe. Ah! Mulheres têm mais facilidade pra língua ( e mais facilidade para ouvir as pessoas!!!) DEve ser por isso… Hehehe
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s