Farmácia.

E aí quando você sai do hospital tem que comprar o remédio né? Nem sempre… Quando se sai tarde da noite, sem carro e sem farmácia perto fica difícil. Então você tá pensando: pede um delivery. E quem disse que isso existe aqui? Aliás, me decepcionei com os deliveries  da cidade, ou então ainda não me achei. Mas deixa isso pra lá, pra um outro post talvez. Voltando à história da farmácia. Aluguei um carro para ir à farmácia mais próxima de casa, porquê não tem nenhuma que dê pra ir a pé e se fosse de táxi iria pagar 3x o valor do aluguel. Chegando lá dei as receitas no balcão, a pessoa perguntou pelo cartão do plano de saúde e a que horas eu ia buscar. Eu já fiquei desconfiada: como assim que horas vou buscar?? E ‘num’ é na mesma hora não? Daí eu fiz uma coisa que odeio não gosto, respondi com outra pergunta: A que horas fica pronto? Ela falou que demorava só de 15 a 20 minutos. Ok, resolvi esperar na farmácia e ela disse que chamariam meu nome no sistema de som. Aproveitei pra dar uma olhada nos desodorantes pra ter certeza que por aqui eles não gostam dos aerossóis. Já coloquei na lista de compras brasileiras desodorantes desse tipo pro ano inteiro! Depois de meia hora ouvi o “Da Silva” (sobrenome do paciente Jr :P) pick-up e fui receber. Chegando lá, a mulher fala: ah, são dois remédios né? Só um está pronto. E eu preocupada com o aluguel do carro perguntei de novo quanto tempo demoraria, mais 15 minutos.  Liguei logo pro Jr extender a reserva pra gente não pagar multa. Depois de uns 20 minutos não me chamaram e eu já fui pra fila de receber e pagar, pra ver se adiantava o processo. O remédio ainda não estava pronto, mas pelo menos o caixa era simpático e foi tentar agilizar. Ah, detalhe: quando estava na fila olhei pro lado e vi um dos medicamentos do Jr na prateleira de remédios que  não precisava de receita. Quando finalmente o segundo remédio ficou pronto, o caixa me chamou de novo (eu fui pra fila de novo, porquê achei que era falta de educação só ficar lá do lado esperando), foi passar este tal remédio viu que não tinha sido aprovado ainda pela farmacêutica e disse que demoraria apenas 2 segundos pra ela fazer isso. Acontece que a farmacêutica estava hiper ultra mega atarefada, com telefone fixo, celular e aprovando medicamentos tudo ao mesmo tempo. Passados 10 minutos (que eram pra ser 2 segundos) o caixa simpático volta e diz que ela encontrou um problema na receita e por isso não podia autorizar, se eu quisesse saber o que era pra ir em outra janelinha conversar com ela. Minha gente que complicação é essa pra DOIS remédios? Parece farmácia de manipulação, mas pelo menos quando vamos lá sabemos que não fica pronto na mesma hora. A uma hora dessas eu não tinha mais tempo pra esperar e certamente não entenderia o que ela tinha pra me dizer, daí fui embora só com um remédio, devolvi o carro atrasada e ainda paguei multa. Dois dias depois o Jr recebe uma ligação da farmácia com uma gravação dizendo que o bendito estava pronto. Agora tá lá, porquê o Jr foi em outro médico, que passou outros remédios e ele comprou sem complicação numa outra farmácia.
*Assisti “Amanhecer – parte dois” e adorei! Já comentei que não sou muito crítica pra filme, né? Além do que sou romântica (mais do que o esperado hahahaha) e adoro filmes fofos.

*A melhor coisa é supermercado 24h! Além de ser beeem mais tranquilo na madrugada, eu posso ir pra um lugar que fecha cedo, deixar o Jr em casa (porque quando ele vai fica “aperreando” pra ir embora e eu nem olho as coisas direito) e só depois ir curtir essa parte de ser dona de casa. Namoro com flores e até pimentões, volto feliz da vida! hahahaha

UPDATE

Amanhã teremos uma festinha em comemoração ao ThanksGiving na aula de inglês. Cada pessoa leva um prato, que pode ser típico do seu país. O que eu levo???? Que não seja difícil e tenha os ingredientes aqui. Cuscuz e beiju não rola. kkkkk Brigadeiro também não!!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Farmácia.

    • Querida, também pensei no pão de queijo! Brownie é bem típico daqui. Os meus bolos ainda estão em fase de teste, não quero fazer os colegas de classe de cobaia. kkkkkk Também tô com saudades.

      • Carol, plano de saúde aqui nos EUA é um porre! Bom, hoje em dia, eu tenho a minha farmácia, daí o médico já manda o pedido direto da farmácia e eu recebo um sms quanda a bendita medicação está pronta. Em relação aos medimentos mensais, pela internet eu faço meu pedido e quando está pronto, um sms me avisa e eu saio para buscar. Você deu azar com essa farmácia aí.

        Sobre o mercado, eu detesto! Meu marido é igual a você, ama! Eu faço a lista e ele vai sozinho, mas as vezes, vou junto, porque quando ele vai sozinho ele traz um monte de coisa que não deveria. Ele adora encontrar coisas novas para as receitas. Já eu, quero entrar, comprar o que está na lista e sair correndo. Inclusive, sempre uso o self checkout para andar mais rápido.

      • Lorna, eu fui na Walgreens que é a maior aqui, achei que seria boa. Eu vi que eles têm um aplicativo pro celular e vc só coloca o código no leitor e quando chega lá já está pronto, mas pra mim nada foi prático. Meu marido não gosta de ir ao supermercado, mas quando vai também traz algumas coisas desnecessárias ou quer uma marca mais cara pra uma coisa que não precisa. Melhor eu ir sozinha mesmo. :p

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s