Valentine’s Day.

Oie! Resolvi voltar depois de alguns dias desaparecida. hahaha Eu poderia dizer que me ausentei porquê estou pesquisando umas coisas, ou porquê me viciei em Grey’s Anatomy de novo ou por qualquer outro motivo, mas esses dias só não estava afim de escrever. Hoje deu vontade.

Aqui nos EUA o dia dos namorados é comemorado hoje, dia 14 de fevereiro e é chamado de Valentine’s Day. Vi uma chuuuuva de fotos e declarações nas redes sociais, mas eu não me senti à vontade pra isso. Não consegui entender o motivo, já que no final de semana eu cogitei alguma surpresa pra hoje e até perguntei pro Jr o que íriamos fazer. Obtive como resposta: somos brasileiros, nosso dia de comemorar não é esse (de um jeito não rude, claro), até contestei mas deixei pra lá porquê enquanto conversávamos e andávamos, vimos um restaurante italiano e não resistimos ao cheiro, entramos! Dei-me por satisfeita, aquele jantar ficou na minha cabeça como comemoração do dia de hoje. Comprei apenas um cartãozinho (que achei nossa cara) e dei pro meu valentine e, claro, postei também no meu instagram. O que ficou na minha cabeça é que é apenas um dia normal, que eu e Jr ainda não estamos totalmente inseridos na cultura americana e que talvez, se eu estivesse no Brasil, até ficaria mais à vontade de postar uma foto nossa com uma declaração bem linda.

Mudando de assunto, vou contar uma historinha. Aqui em St Louis temos um sistema bem mais ou menos de transporte público. Compramos o ticket, validamos e pronto, entramos no vagão. O problema é que você só valida “se quiser” e não tem um controle mais rígido de segurança. Por isso, de vez em quando passam uns guardas dentro do metrô conferindo se temos (e se validamos) ticket. Alunos da universidade têm direito a um passe para andar em transporte público de graça, Jr tem um desse. Quando pedem pra ele mostrar o ticket ele tem que mostrar esse passe e o cartão que confirma que ele é aluno da WUSTL. Domingo entrou o guarda para conferir e eu fico nervosa mesmo sabendo que estou com tudo certinho. hahaha Nesse dia, quando chegou a vez do Jr, cadê o passe dele? O guarda mandou a gente descer (sorte que já era nossa parada) e foi verificar se o que o Jr estava falando era verdade, que era aluno, tinha o passe e apenas tinha esquecido. Enquanto ele fazia isso, fiquei muito preocupada, com medo de acontecer alguma coisa séria, sei lá… Mas ainda bem que fomos liberados e recebemos apenas uma “advertência” por escrito. Se ele estivesse mentindo teria que pagar multa e ir se explicar em outro lugar.

Sejam bem vindos à vida real pós-carnaval. :)

Anúncios

4 pensamentos sobre “Valentine’s Day.

  1. Happy Valentine’s day for you both!!!
    Mesmo morando aqui ja a um tempo meu climinha de valentine só vem nas vésperas,kkkk, coisas de brasileiros.

    Aqui o sistema de transporte eh igual, mas o ticket tem que ser validado, ate hj me tremo todinha quando entra os guardas, kkkk. E eu nunca esqueci. Bjinhos

  2. Engraçado isso. Chegamos nos EUA em abril do ano passado. Quando foi junho, cogitei uma comemoração do Dia dos Namorados. Sabe o que marido respondeu? Moramos nos Estados Unidos. Hoje aqui é um dia comum. Comemoraremos no Valentine’s Day… Hehehe. Eu fiquei murchinha e queria ver se ele iria cumprir mesmo. Cumpriu: a comemoração veio ontem! São jeitos diferentes de viver a vida, não necessariamente tem um jeito certo e outro errado. Happy Valentine’s pra vocês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s