De volta à ativa.

Acabei de embarcar meu primeiro hóspede. Não foi qualquer um, foi meu irmão mais que amado. Tristeza e saudade ainda não definem o que estou sentindo agora. Ele chegou e passou quase um mês, por isso a minha ausência aqui do blog. Dediquei meu tempo, meu carinho e todo o meu zelo pra ele se sentir o mais confortável possível. Viajamos pra Chicago e Detroit (depois conto cada viagem separadamente), pegamos neve na estrada, sorrimos muito, cantamos demais (country!!! hahaha), nos divertimos e nem vimos o tempo passar. Quando a gente menos espera, chegou o dia dele ir embora. E nos perguntávamos: como passou tão rápido?? Ontem (só ontem) detestei morar aqui, o principal motivo? O estacionamento do aeroporto é lá nos cafundó do judas e aí deixei o Luquinhas fazendo check in enquanto fui estacionar. Pra retornar ao saguão do aeroporto a gente tem que pegar um shuttle (ônibus) e aí quando consegui chegar, cadê ele? Já tinha ido pra sala de embarque, procurei desesperadamente por qual portão ele ia embarcar e no caminho começavam a descer lágrimas, eu ainda nem tinha me despedido dele. :( Quando finalmente achei-o, ele já tava passando as coisas pelo raio-x e só me deu um tchauzinho. Eu queria um abraço, mas tive que me contentar com um tchauzinho. Talvez tenha sido até melhor, já pensou eu dando escândalo chorando no aeroporto? hahaha Definitivamente, nada a ver comigo. Durante esses dias aconteceram muitas coisas, saudade e história pra contar é o que não vai faltar.

Anúncios

9 pensamentos sobre “De volta à ativa.

  1. Oh meu Deus!!! Que lindo, Carol! Sei bem como vc se sente e to morrendo de pena do Luquinhas pq passar frio aqui e voltar pra Terê deve ser uó! hihihihi Ele deve estar sentindo extra calor!

    Olha, lembra dos bons momentos e MAIS QUE ISSO… pensa na próxima visita! Essa n foi e nem vai ser a última visitinha!
    Até agora só recebi duas visitas e to LOUCA pra receber mais. É um sentimento tão intenso de que a gente tem q aproveitar cada segundo, né? É bom demais!!!!

    Volta logo, Luquinhas!

    Beijo,
    Rebeca
    xoxo

    • Pois é, já estamos planejando nossa próxima viagem quando ele vier de uma próxima vez. A gente ficou muuuito cansado, mas valeu a pena cada dia. Menina, Teresina não dá uma trégua, deve tá sentindo calor extra mesmo. Hahaha Beijos!

  2. Ola Carol, que legal viajar …. Eu finalmente cheguei estou em Bourbon.. estou louca procurando um carro para comprar.. tem alguma dica de site… pois vou para St. Louis amanha .. vou estudar na ESL, (acho q. e esse o nome) kakak… estou adorando tudo .. tudo enorme e muito longe ainda nao conheci nada ..kakak…. Eu fui a Rolla e Soulivan … lugar bonito.. muito frio tb..
    Sinto muito por nao poder abracar seu mano… realmente aqui tudo gigante.. td longe.. Legal q. voce esta de volta.. bjs :)

    • Oi! Mas você vai morar em Bourbon ou em St Louis. Eu olhei os sites do Bommarito, tem de várias marcas então joga no google pra você escolher qual é, Lou Fusz e Suntrup. Por enquanto lembro dessas. Não esquece que o carro só sai da loja com seguro e vc só vai pagar o imposto na hora de emplacar o carro, então reserva esse dinheiro (8,25% do valor do carro).

      • Vou estar em St. Louis.. apartir de amanha estou em St. Louis o tempo todo.. se o tempo deixar.. pq esta anunciando um temporal .. obrigada pelas dicas vou procurar.

      • Amanhã parece que o tempo vai ser bem ruim mesmo. Se quiser ajuda ou carona a gente marca de se encontrar. Amanhã o dia todo tô livre, mas segunda vou fazer meu teste de direção e não sei que horas vou estar livre. Bjss

      • Ola Carol, boa sorte no seu teste tudo de bom.. Muito obrigada pela oferta.. Eu continuooo aqui em Bourbon.. muita neve nao tem como sair de casa.. espero que consiga ir hj para St. Louis… Muito obrigada mesmo… bjs

  3. Que bom que voltou com os posts! Estava com saudade. Realmente, o lado ruim de morar aqui é a distância da família. Desde que cheguei aos EUA (já tem um ano, passou tão rápido!)pra mim, esse é o único defeito. Mas, a gente aguenta! Graças a Deus, hoje, a internet, e as viagens internacionais são coisas mais acessíveis e muito mais usadas do que há uns anos atrás, né? Assim, podemos falar com nossos queridos e vê-los sempre que possível! Beijos
    Cris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s