Vida acadêmica – 3 dias de orientação

A novidade que falei no post passado é que agora sou F1 também!!! Assim como o meu marido, agora sou estudante! Já falei em posts passados que não terminei a faculdade no Brasil e por isso resolvi tentar estudar aqui. Estou muuuito feliz que deu certo e minhas aulas começarão semana que vem!!!

Antes das aulas começarem tivemos 3 dias de orientação. Elas são muito esclarecedoras e é muito bom pra gente ir “se enturmando”. Durante os três dias passamos o dia inteiro na universidade e, por isso, tivemos café da manhã, lanche e almoço. Minhas expectativas foram superadas!!! Não vi ovo nenhum dia por lá! kkkkkk

A primeira coisa que fizemos quando chegamos foi tirar a foto para o cartão da universidade. AInda bem que minhas foto ficou boa. hahahahaha No nosso primeiro encontro recebemos a “visita” do reitor, que aproveitou pra falar da triste situação de Ferguson (fica ao lado da universidade) e nos tranquilizar sobre a segurança dentro do campus. Depois nos dividiram em pequenos grupos e para nos conhecermos melhor fizeram algumas brincadeiras. Em seguida, deixamos nossos documentos para eles checarem se estavam em ordem. O almoço foi “servido” e logo em seguida tivemos provas de inglês. Sou muito ruim em fazer redação em inglês, tô torcendo pra me colocarem numa turma de aulas de inglês com foco nisso. Durante o dia falei com poucas pessoas, mas já fiquei mais colega de uma chinesa e uma coreana.

No segundo dia cheguei mais cedo do que no primeiro e tive bastante tempo pro café da manhã. Frutas (por incrível que pareça) deliciosas e bagels fresquinhos!!! É só passar um creamcheese e fica delícia! O dia foi mais chato do que o primeiro porquê envolvia palestras sobre plano de saúde, segurança e bem estar (cuidado com as calorias!! kkkk), pagamentos, essas coisas… Também falaram como “fazer” amigos americanos mas de uma maneira divertida. Tivemos também uma atividade para aprendermos como lidar com as diferenças culturais. Preparam também várias palestras sobre tópicos úteis pra gente aqui nos EUA. Escolhi o ‘economizando dinheiro’ e ‘conseguindo um trabalho’. Achei que os dois valeram a pena, apesar de já saber algumas coisas que foram ditas no primeiro por causa do tempo que moro aqui. Na parte da tarde fizemos um tour pela universidade, andamos duas horas sem parar e mesmo assim não conhecemos tudo. Foi bem cansativo, mas pelo menos já sei onde fica o prédio do meu curso.

Durante o terceiro dia tivemos contato com os novos alunos americanos, inclusive com os pais deles. Achei muito interessante que vários pais estavam acompanhando seus filhos e tirando fotos de tudo. Também tivemos encontros com pessoas do nosso departamento, que nos explicaram um pouco de como funcionam as coisas por lá, estágios, fraternidades, etc. Achei o dia mais chato, mas não posso negar que foram bem úteis esses três dias. Ontem ainda tive que ir falar com minha orientadora para fechar meu horário do semestre. Aproveitei ontem também pra pegar a permissão pra estacionar. Por sinal, em várias universidades essa permissão é paga, já na minha conseguimos sem pagar nada a mais. Uma coisa bem interessante que achei foi poder usar o site da livraria da universidade pra pesquisar preços e livros e fazer minha lista por lá. Como as aulas começam semana que vem não dá tempo pedir online, o jeito é pagar mais caro e comprar na universidade mesmo. Aqui também tem a possibilidade de alugar o livro, mas dos que vi o preço do aluguel era o mesmo de comprar usado, então preferi comprar mesmo. Já recebi um email avisando que os livros já estão no ponto pra eu pegar e hoje mesmo vou buscar. Pelo que os professores escreveram no “aluno online” a gente já tem que ter lido alguma coisa mesmo no primeiro dia de aula. Deus me ajude!

 

Bate-volta em Chicago.

Depois de umas longas férias no Brasil (sim, mais uma vez! :D) voltamos! Dessa vez ainda “trouxemos” visitas. Meus sogros vieram e estamos fazendo questão que eles se sintam em casa e aproveitem cada momento aqui nos EUA. Como Chicago não é longe resolvemos passar um diazinho por lá. Foi um passeio rápido, mas super proveitoso. Na estrada vi muuuuitos (incontáveis) trailers “viajando” e levando o carro no reboque. Achei bem interessante, devem tá fazendo uma roadtrip ou até mudanças, já que essa é a época que as crianças voltam das aulas e os jovens começam a faculdade. O que percebi é que os americanos realmente aproveitam o verão, andam com roupas super confortáveis, tiram as motos da garagem e aproveitam os parques. Já é a terceira vez que vou a Chicago e dessa vez tinha muuuito mais gente por lá! A fila do aquário tava depois de quilométrica. kkkkk Com a temperatura acima dos 25 graus eles também aproveitaram pra fazer um picnic e aproveitaram a vista incrível do lago Michigan. A cada dia que passa me apaixono mais por Chicago e por St Louis. A certeza de que escolhi um bom lugar para morar (pelo menos provisoriamente) me deixa tão feliz que eu quase esqueço que aqui não tem coxinha. hahahaha

Roteiro Chicago pra quem vai passar apenas 24h na cidade:

Cheguei no horário do almoço e fui direto para o Navy Pier, nosso plano era almoçar por lá, mas tava muito lotado e resolvemos só passear e depois procurar outro lugar para comer. Não deixem de visitar um jardim que tem ao lado da roda gigante. 

De lá fomos ao hotel só pra fazer o check in e tomar banho rapidinho. Como está no verão o Sol demora mais a se por e assim chegamos antes de escurecer ao Millenium Park, onde tem a escultura mais famosa de Chicago.

Em seguida, fomos a uma lanchonete brasileira e voltamos pro hotel. De manhã fomos tomar café no Valois, lá é muito bom, vive cheio e é o preferido do Obama quando ele visita a cidade. Além de não ser caro, é muito gostoso!

Após o café fomos para o complexo onde fica o Fields Museum e o Aquário. Não entramos pois as filas estavam gigantescas, mas só o passeio por lá já valeu muito a pena. Meus sogros adoraram e voltaram para St Louis com uma impressão ótima de Chicago. 

Acho que esse é um bom roteiro pra quem tem pouquíssimo tempo por lá.

Em breve volto para contar uma ótima novidade. Uma nova vida vai começar aqui nesse lado do mundo. Um misto de medo, ansiedade e muita felicidade toma conta de mim.